Gestão de Custos de Maquinário Agrícola - MyFarm

Gestão de Custos de Maquinário

Para o produtor é um grande desafio controlar os custos fixos e variáveis envolvidos na utilização de maquinário porque entram nessa conta os gastos com combustível, manutenção, e abrigo. Dessa forma para entender o quanto a gestão de custos com maquinário influenciam no total de gastos ao final da safra. É necessário realizar uma gestão dos insumos envolvidos nesses processos.

Custos Fixos

O cálculo de custos operacionais com maquinário envolvem os custos fixos, custos variáveis e custos totais dados em reais por hora máquina. Para formar os custos fixos normalmente os realizamos através de: 

- Depreciação

A depreciação é a desvalorização do maquinário, seja devido o desgaste pelo uso, obsolescência ou desgaste natural. Desta forma a depreciação deve incidir no valor da máquina considerando a sua vida útil.

Assim quando o produtor calcula o valor da sua hora máquina precisa inserir a depreciação, porque é uma parte expressiva da sua capacidade de calcular uma máquina nova.

Como calcular a Depreciação, Valor inicial subtraído pelo valor da sucata, e dividido pela vida útil.

Caso haja alteração do valor da sucata em virtude de eventuais manutenções que o maquinário venha a sofrer e estes alterem sua valoração final devem portanto ser considerado.

- Juros sobre o Capital

É importante considerar um taxa de juros sobre o capital, porque se o produtor fosse comprar a mesma máquina daqui a 10 anos, ela não custaria o mesmo valor. Teria agregado diversos custos inerentes ao produto devido a evolução tecnológica e a inflação. Assim a sistemática de juros ajuda a cobrir essa diferença.

Da mesma forma, se o capital investido na produção ser menor que o rendimento no mercado financeiro o produtor precisa reavaliar suas estratégias, pensando desde fatores da produção até mesmo na possibilidade do arrendamento ou venda do patrimônio.

Calculo do Juros sobre o capital, preço de Aquisição somado com a taxa de juros multiplicada pelo preço de aquisição dividido por dois;

- Abrigo

É claro que para garantir maior vida útil ao seu maquinário, o produtor precisa investir na construção de abrigos, desta forma também garantindo uma menor taxa de depreciação.

O cálculo do valor do abrigo da máquina irá depender do investimento realizado no imóvel, e ser calculado por ano.

- Seguro da Máquina

Normalmente os produtores não costumam segurar suas máquinas, porém o seguro é uma garantia para proteger o equipamento de acidentes e imprevistos. Além de representar a proteção do patrimônio caso ocorra um sinistro que venha a utilizá-lo antes do período normal de depreciação.  

Para o produtor é importante lembrar que estando coberto por um seguro, com o equipamento em plena operação o produtor garante o plantio e o sucesso da colheita. O Cálculo irá depender do acertado na corretora.

Custos Variáveis

Os custos variáveis na gestão de custo de maquinário são todos aqueles relacionados diretamente com o número de horas trabalhado, dentre estes custos estão: 

- Combustíveis

Os gastos com combustíveis podem ser realizados de forma estimada, levando em consideração a potência do maquinário. Para tratores com potência acima de 200 hp a estimativa de consumo por litros/hora é dado multiplicando 0,164 pela potência máxima em CV. 

Existem outros métodos que consideram também o tipo de pneu, da lastragem e da velocidade de trabalho. No entanto o ideal, é realizar a coleta dos dados do horímetro ou hodômetro do veículo e calcular a média pela quantidade de litros abastecida. 

- Lubrificantes

Da mesma forma que ocorre com os combustíveis existem valores de referência para realizar estimativas com relação ao uso dos lubrificantes. Mas no entanto, utilizando valores estimados o produtor nunca irá saber exatamente o quanto estes custos realmente impactam na produção.

Valores de referência para calcular o uso de lubrificantes, e uso de graxa.

- Manutenção

Os custos com manutenção envolvem a manutenção preventiva e corretiva, além das peças utilizadas para realização do serviço. Na manutenção preventiva o produtor pode programar de acordo com as especificações do fabricante.Podendo orçar com antecedência e posteriormente ajustar a realidade ocorrida. 

- Mão de Obra

Os custos com mão de obra incluem o salário com operador, os encargos sociais e as gratificações, devendo-se encontrar o valor do custo de mão de obra por hora.

Como calcular o valor da mão de obra por hora.

Depois de calculados todos os custos fixos e variáveis do maquinário é possível chegar a um valor do custo da hora máquina, através da soma de todos os custos e considerando o total de horas que a máquina trabalha durante o ano. 

Com esse parâmetro o produtor passa a considerar este grupo de custos tão importante na produção que não deve ser ignorado, pois impacta diretamente na receita, e possui formas inteligentes de ser minimizado.

A importância de um sistema para gestão de custos de maquinário

A utilização de um sistema para a gestão de custo de maquinário ajuda ao produtor entender como são realizados os gastos financeiros com o processo produtivo. Com essas informações, é possível buscar insumos mais baratos, ou até mesmo pela utilização dos relatórios, encontrar pontos de melhoria. Possibilitando assim o corte de despesas desnecessárias.


Foto Dony
Dony Mercollys Gomes
Rep. MyFarm
Linkedin

Comentários

Quer saber mais sobre o MyFarm?

Entre em contato e agende uma demonstração com nossos consultores!

Solicitar demonstração

Veja também

O crescimento no campo atrai o “Leão”
Controle de Defensivos e emissão de receitas agronômicas.
A Holding Familiar no planejamento sucessório do Agronegócio.