Armazenagem de grãos: saiba tudo sobre silos

A utilização de silos para armazenagem de grãos é uma alternativa viável para produtores que desejam manter a produção por perto e ter o controle sobre o que foi produzido.

Com isso, eles têm a possibilidade de comercializar os grãos em momento mais rentável e assim evitar a perda de dinheiro na pós-colheita.

Neste artigo, vamos falar sobre a importância da armazenagem de grãos e apresentar os principais tipos de silos para que você consiga identificar qual melhor atende a sua necessidade.

O que é armazenagem de grãos e qual é a sua importância?

A armazenagem de grãos é o processo de guardar os grãos produzidos com o intuito de preservar suas qualidades físicas e químicas desde a colheita até o abastecimento.

Em síntese, esse processo envolve uma sequência de operações como limpeza, secagem, tratamento fitossanitário, transporte, classificação, entre outros.

Sendo assim, a armazenagem é um dos meios mais eficazes de obter um produto fora de sua sazonalidade. No entanto, isso só é possível com uso de boas práticas de armazenamento, que garantem a conservação da qualidade física e fisiológica dos grãos.

Quais são os benefícios da armazenagem de grãos?

Entre os benefícios que a armazenagem de grãos é capaz de oferecer estão:

Onde é feita a armazenagem de grãos?

De modo geral, os grãos devem ser acomodados em uma estrutura adequada, com as condições e cuidados necessários para a cultura.

Desse modo, uma boa estrutura de armazenagem e expedição de grãos em uma fazenda deve ser composta por silos, que são benfeitorias agrícolas destinadas ao armazenamento de produtos agrícolas.

Entre as diferentes funções de silos, podemos encontrar os de espera, secador, armazenador e de expedição.

Silo de espera (Silo-pulmão)

armazenagem de grãos - tipos de silo - silo de espera
Fonte: Senar

São silos usados como apoio durante o recebimento dos grãos. Portanto, eles armazenam os grãos limpos, porém úmidos, por poucas horas, até o momento em que os grãos são direcionados para o secador.

Em resumo, esse tipo de silo deve possuir sistema de ventilação de ar natural para evitar o aquecimento da massa de grãos devido à umidade elevada.

Silo - secador

armazenagem de grãos - tipos de silo - silo secador
Fonte: Senar

Este é o silo para onde os grãos são encaminhados após o silo de espera, para atingirem a umidade desejada para o armazenamento. Nele, os grãos recebem ar natural ou aquecido para secagem.

No entanto, esse processo é lento e a umidade não deve ser elevada, visto que pode provocar o aquecimento da massa e, com isso, a fermentação dos grãos, o que afeta a qualidade.

Silo armazenador

armazenagem de grãos - tipos de silo - silo armazenador
Fonte: Senar

Em geral, recebe o produto limpo após a secagem. Caso necessário, nesse silo a massa de grãos recebe aeração para resfriar e uniformizar a umidade.

Silo de expedição

armazenagem de grãos - tipos de silo - silo de expedição
Fonte: Senar

Por fim, os silos de expedição são suspensos e, por meio de transportadores, recebem os grãos provenientes dos silos armazenadores.

Assim, para realizar a descarga, os grãos são liberados por gravidade sobre o veículo transportador (caminhão ou vagão ferroviário).

Quanto ao funcionamento dos silos, quais cuidados devem ser tomados?

Em primeiro lugar, além da estrutura adequada, tanto a temperatura como a umidade são variáveis fundamentais para o correto funcionamento do silo e a manutenção da qualidade dos grãos.

Logo, tanto a temperatura quanto a umidade elevadas podem afetar a qualidade do grão. Isso porque promovem aquecimento da massa até a sua deterioração por decomposição.

Entretanto, se a umidade dos grãos ficar muito baixa, haverá maior facilidade de ocorrerem danos mecânicos, como grãos quebrados ou trincados, o que diminui o valor do produto. Assim sendo, a média recomendada de umidade é de 13%.

Mas não para por aí. Além desses fatores, existem dois cuidados essenciais para o funcionamento correto dos silos: a aeração e o controle de pragas.

Aeração

Em resumo, a aeração de grãos armazenados consiste em promover a passagem de baixa vazão de ar natural ou resfriado por meio de ventiladores através da massa granular.

Nesse sentido, o intuito é baixar e uniformizar a temperatura dos grãos armazenados, prevenir a migração de umidade e, dependendo das condições climáticas e da vazão de ar, viabilizar a secagem ou reumedecimento dos grãos.

Contudo, essa ferramenta é muito útil na manutenção e conservação do produto armazenado, uma vez que diminui a umidade e a temperatura da massa de grãos. No entanto, se manejada de maneira errada, pode promover umedecimento ou secagem excessiva da massa, afetando negativamente a qualidade e a conservação.

Controle de pragas

O controle efetivo de pragas é uma medida primordial para o bom funcionamento do silo. Isso porque algumas pragas se desenvolvem em grãos com baixa umidade, como gorgulho, roedores e traças, podendo comprometer a qualidade dos grãos e favorecer a penetração de fungos.

Quais variáveis o produtor deve considerar ao escolher o silo que melhor se adequa às suas necessidades?

Na armazenagem de grãos, é importante se atentar para alguns fatores antes de decidir o melhor silo para os seus grãos.

Sendo assim, no momento de fazer a sua escolha, é necessário responder as seguintes questões:

Contudo, seja qual for o modelo escolhido, ele deve apresentar as condições básicas para a preservação dos grãos. Além de princípios básicos de armazenagem que possibilite a limpeza, secagem e armazenamento eficiente.

Veja a seguir os principais tipos!

Quais são os principais tipos de silos?

Silos elevados de concreto

armazenagem de grãos - tipos de silo - silos de concreto

Em geral, consistem em depósitos de concreto de média e grande capacidades. Além disso, são formados por duas partes fundamentais: torre (elevadores, secadores, exaustores, máquinas de limpeza, distribuidores e demais componentes) e conjunto de células e entre células (grãos em pós-secagem e limpeza).

Prós

Contras

Silos metálicos

armazenagem de grãos - tipos de silo - silos metálicos

São silos com média capacidade, em geral metálicos, de chapas lisas ou corrugadas, de ferro galvanizado ou alumínio, fabricados em série e montados sobre um piso de concreto.

Prós

Contras

Armazéns graneleiros

A princípio, apresentam estruturação bem simplificada e o método de estocagem é vantajoso uma vez que os produtos são estocados em montes, isto é, sobre lajes de concreto executadas diretamente sobre o terreno.

Prós

Contras

Silos - Bolsa

Os silos-bolsa são constituídos por túneis de polietileno de alta densidade compostos por camadas internas e uma camada exterior branca de dióxido de titânio, responsável por proporcionar mais resistência e reflexão dos raios solares, prevenindo o ressecamento da lona plástica.

Prós

Contras

Silos móveis

armazenagem de grãos - tipos de silo - Silos móveis
Fonte: Gauchazh

Os silos móveis são estruturas improvisadas com lonas de alta resistência e big bags. Dessa forma, sua estrutura é flexível e expansível conforme a necessidade.

Prós

Contras

Por onde começar? Como se planejar para a armazenagem de grãos?

Os silos podem ser utilizados praticamente por qualquer tipo de fazenda. No entanto, para obter sucesso na sua implantação é necessário se planejar.

Logo, nesse planejamento é necessário se preocupar basicamente com a disponibilidade de capital para investir bem como com toda unidade de armazenamento que envolve a eliminação de impurezas junto aos grãos, secagem para atingir a umidade adequada e armazenagem.

Além disso, é importante considerar o crescimento da produção com a abertura de novas áreas de plantio, que necessariamente vai exigir uma maior quantidade de armazenamento.

Assim, com um bom planejamento, o produtor terá maior facilidade de adequação para a instalação de novos equipamentos associado a um menor investimento quando for ampliar a sua unidade.

Tamanho e local de instalação das estruturas

Na prática, tanto o tamanho, quanto o local da instalação dos silos são fundamentais para o sucesso do armazenamento dos grãos na própria fazenda.

O tamanho, por exemplo, deve ser calculado com base na quantidade de sacos produzidos e no peso hectolitro (kg/100 litros) obtido a partir do volume de grãos em um hectolitro e o peso expresso em quilogramas.

Isso porque o volume (m3) ocupado por 1 tonelada de soja é diferente do volume ocupado por 1 tonelada de milho. Dessa forma, o peso hectolitro é influenciado pela forma e massa dos grãos.

Então, para definir o tamanho do silo, além da quantidade produzida, será preciso considerar o tempo que pretende armazenar e a quantidade de safras por ano, bem como, o número necessário para atender a demanda da propriedade.

Por fim, a instalação do silo deve ser escolhida de acordo com a topografia do terreno. Assim, é primordial que ele esteja localizado em um ambiente de fácil acesso para o recebimento da produção. Também é importante que o local permita a ampliação futura, caso seja necessário.

Como adquirir um bom silo de armazenagem?

Antes de tudo, para adquirir silos você deve entrar em contato com empresas fabricantes, inclusive, hoje existem fábricas nacionais que possuem projetos para pequenas áreas.

Além disso, há modelos com ou sem moega, com ou sem secador, sem balança, entre outros. O importante é encontrar uma empresa que produza silos adaptados de acordo com as suas condições e necessidades.

Por isso, fique atento e escolha um fabricante que ofereça soluções, projetos e montagem de silos que atendam a sua demanda.

Apesar de não ser um investimento tão barato, ele garante inúmeros benefícios e vantagens para sua fazenda, então vale sim a pena investir!

Enfim, acredito que após ler este artigo você já esteja preparado para fazer a sua escolha. E caso, queira aprender mais sobre a conservação da sua produção, leia nosso artigo sobre controle de qualidade de grãos.

Quer saber mais sobre o MyFarm?

Entre em contato e agende uma demonstração com nossos consultores!

Solicitar demonstração

Veja também

O que é Agricultura 4.0 e como ela impacta a gestão agrícola?
Crédito Rural: o que é e quem tem direito a ele
Do plantio à colheita das culturas: a importância de ficar atento aos prazos
Armazenagem de grãos: saiba tudo sobre silos entre em contato conosco pelo WhatsApp